Querido Pai Natal…

… eu sou daquelas, difíceis, que quando lhe perguntam o que gostariam de ter no sapatinho, nunca se lembram de nada, porque nunca se lembram no momento certo do que gostariam, ou então porque não precisam mesmo de nada, ou ainda porque a verdade é que ficam sem jeito de explicar que não desprezam os presentes com GPS, do género “olha vais ali e compras isto”, mas quase. Eu sou mesmo é das que podem ficar de lágrimas nos olhos com a coisa mais insignificante do mundo, desde que tenha sido escolhida para mim, especial e só para mim. Eu, afinal, gosto é de surpresas, porque quem nunca se esquece que eu detesto café, também sabe o que me faz feliz.

Casa1

Foto daqui

Desilusão atrás de desilusão

Eu quis acreditar!

O post publicado no Twitter tinha tudo para ser viral, o que acabou por acontecer. Uma carta escrita ao Pai Natal, supostamente por uma criança, na qual incluía o link da Amazon do presente que pretendia. A desilusão é que agora foi descoberto que foi escrita por um comediante.

CartaPai Natal

Carta ao Pai Natal

Há coisas em que eu quero acreditar. Deixem-me sonhar, não quero saber se foi a Amazon a forjar a coisa, nem nada disso, OK?! Adoro esta carta ao Pai Natal, adoro crianças para aí até aos 3 anos, vá… So 2013, it hurts ❤
Já agora, o link leva-nos a um carro de controlo remoto, que custa 20 dólares.

CartaPai Natal