Hábitos ao almoço

WWII Post War Japan

Aqui no jornal existe uma zona, ou melhor, duas salas cheias de micro ondas com TV aos berros, para as pessoas almoçarem, mas eu sempre preferi fazê-lo na minha secretária. Primeiro, por exigências de um site que não para, depois porque passou a ser mais agradável a tranquilidade do meu momento com a minha lancheira.

Considerando que sou dos que amam tudo spicy e que caril é mesmo o meu middle name, por vezes as minhas saborosas refeições criam um certo ambiente na redação. Ups… A The Atlantic conta que cerca de um terço dos norte-americanos faz como eu (imitadores!) e que a regra número um é mesmo não ter vergonha. Check!

Ora, leiam aqui o manual de instruções para uma decisão difícil. 😛